Tudo o que você precisa saber sobre a série The Walking Dead.

1. CARL ESTÁ EM PERIGO

 

Talvez o evento mais importante da midseason finale de The Walking Dead seja que Carl Grimes (Chandler Riggs) esteja fadado a morrer. Quando Rick voltou a Alexandria, encontrou o local em chamas e seu povo amontoado em um bunker subterrâneo, enquanto seu filho estava com uma desagradável mordida de zumbi na barriga.

Não adianta nem manter as esperanças: ao contrário do que acontece nos quadrinhos de Robert Kirkman, já foi confirmado que Carl não sobreviverá. Inclusive, o pai de Chandler Riggs se mostrou revoltado com a demissão inesperada de seu filho da produção. Mas parece que a morte do personagem tem uma explicação para o seguimento da história de Rick e Michonne (Danai Gurira).

2. O PLANO QUE DEU ERRADO

Além de estar prestes a perder o filho, Rick está enfrentando a pior situação que poderia imaginar. Suas tropas não acreditavam nele e seu líder destemido havia criado um esquema sólido para derrotar os Salvadores, com um ataque surpresa de múltiplas frontes, que contaria com a ajuda de todos os seus aliados — começando com um cerco ao Santuário. Entretando, tudo foi por água abaixo quando Daryl (Norman Reedus) e Tara (Alanna Masterson) se cansaram de esperar e quiseram tomar uma ação mais imediata e vingativa, acelarando o plano e causando o fortalecimento do inimigo. 

Como resultado dessa intromissão, os Salvadores se libertaram, atacando simultâneamente Alexandria, o Reino e o povo de Hilltop.

3. E AGORA?

Se tudo tivesse acontecido como Rick planejara, os membros do Santuário teriam ficado tão famintos, a ponto de se renderem, Negan teria sido executado publicamente e todos os postos avançados dos Salvadores teriam sido saqueados por comida, remédios e armas. Para conseguir isso, nosso grupo coletivo de boas-vindas se separou em diferentes frontes, que funcionaram a princípio, até que a falta de comunicação e mão-de-obra complicou a situação.

A boa notícia é que os Salvadores estão e isolados no momento, mesmo depois que Negan e o maior número de pessoas se afastaram do bloqueio de Rick. Eles irão se reagrupar em breve, certamente. Mas os nossos heróis também o farão. E Daryl já prometeu que, uma vez que todos voltem juntos, "nós vamos ser o seu pior pesadelo". Será mesmo? Do jeito que o roteiro de TWD se arrasta, isso só deve acontecer no final da temporada...

4. A GUERRA FRIA ACABOU

Uma coisa é certa. Com Carl morto, Rick ficará devastado e com um espírito de vingança cada vez mais inflamado. Lembra aquela cena do primeiro episódio da oitava temporada na qual Grimes aparece com o olho vermelho? É bem provável que seja pela morte de seu filho.

Porém, ao invés de desistir, o líder de Alexandria vai estar com sangue nos olhos para matar seu inimigo, Negan (Jeffrey Dean Morgan) — e vice-versa — como já anunciaram os cartazes da temporada.

5. A JORNADA DE HERÓI DE EZEKIEL

Depois de perder Shiva e mais da metade de seus guerreiros, Ezekiel (Khary Payton) ficou devastado e culpado, passando do status de Rei para um cara qualquer. Porém, parece que isso está prestes a mudar novamente.

Pela primeira vez, TWD não seguiu o arco que Carol (Melissa McBride), Morgan (Lennie James) e tantos outros personagens fortes da série tiveram que enfrentar: tornando-se temperamental e ineficaz por meses. Em vez disso, aos 45 do segundo tempo, o Rei se recuperou, salvando o resto de seus súditos enquanto lutava contra os Salvadores que vieram capturá-lo. Como ele vai sair dessa, ainda não sabemos.

Mas pelo menos, Morgan ficou para trás para salvar o dia e é possível que se sacrifique para salvar o Reino. Afinal, Lennie James entrou para o elenco regular de Fear The Walking Dead, que se passa antes dos eventos de TWD.

6. A RESISTÊNCIA DE MAGGIE

Após perder o marido e prestes a ser mãe, Maggie Greene (Lauren Cohan) não tem medo de colocar a mão na massa. Embora tenha aceitado a insistência de Jesus (Tom Payne) que a comunidade abriga e alimenta prisioneiros inimigos, a nova líder de Hilltop está mantendo a compostura diante do medo constante por suas vidas. Ela já executou um Salvador como uma demonstração de força; e também mantém o ex-líder da colônia Gregory (Xander Berkeley) preso, em retaliação por ele ter trabalhado com Negan. Já pudemos ver que ela não se sente obrigada a seguir as ordens de Rick.

Resta saber o que vai acontecer com a personagens nas próximas semanas, já que a atriz ainda não renovou seu contrato para a 9ª temporada, apesar dos apelos da AMC, e já assinou para protagonizar o piloto da comédia dramática Whiskey Cavalier, da ABC.

7. EUGENE VIRA-CASACA

Um dos arcos que mais ganhou espaço nesta temporada foram as ações do covarde genio Eugene Porter (Josh McDermitt) em prol dos Salvadores. Ele se vendeu para Negan em troca de segurança e conforto, entretanto, ainda pensa em si mesmo como um cara legal, fazendo uma média e ajudando seus ex-amigos sempre que pode.

Na última vez que ele apareceu nas telinhas, ele tinha encontrado um plano para ajudar os Salvadores a escaparem do Santuário, que estava sitiado por zumbis. Entretanto, ele também ajudou o padre Gabriel (Seth Gilliam) a fugir com o Dr. Carson (R. Keith Harris).

Quando o vimos, nosso homem com o salmão tinha acabado de encontrar o plano para ajudar os Savientes a escapar do Santuário sitiado por caminhantes. Mas ele também ajudou o doente pai Gabriel a esgueirar-se com o Dr. Carson.

A pergunta permanece: Eugene está do seu próprio lado. Mas que lado é esse?

8. MAIS ALIADOS?

Um dos desvios narrativos mais estúpidos de The Walking Dead provavelmente foi quando Rick fez uma pausa de supervisionar seu ataque para que pudesse trazer o grupo do Lixão a bordo novamente. Para seu infortúnio, o personagem foi capturado e teve que lutar contra um guerreiro morto-vivo. E depois de pressionar Jadis (Pollyanna McIntosh) a acompanhá-lo em uma caminhada para ver o que tinha acontecido com o Santuário, ela e sua equipe se viraram e correram logo que viram que o cerco de Rick havia falhado.

vAinda assim, o retorno surpresa do grupo do Lixão foi um lembrete de que eles ainda estão por aí — e continuam fortemente armados. E eles não são os únicos: Aaron (Ross Marquand) e Enid (Katelyn Nacon) viajaram até Oceanside para fazer as pazes e tropeçaram em outro confronto violento. Será que, mesmo tendo matado sua chefe, eles conseguirão convencer as mulheres a se unirem à briga contra os Salvadores?

9. UM FUTURO SOMBRIO

A cena de flash forward de Rick provavelmente não passava de um sonho — no qual Carl continuava com a mesma idade, e portanto já estaria morto — que mostrava um futuro tranquilo mas trágico para o herói. O que será que essa temporada reserva para os demais personagens?

10. SOB NOVA DIREÇÃO

Além disso, após ser criticado pelo pai de Chandler Riggs de ter demitido o ator, o produtor, roteirista e até então showrunner Scott M. Gimple deixou o comando da franquia The Walking Dead — incluindo Fear The Walking Dead e outros projetos baseados no universo criado por Robert Kirkman — e foi substituído pela produtora e roteirista Angela Kang na 9ª temporada da série da AMC.

A midseason premiere da oitava temporada de The Walking Dead será exibida neste domingo, às 23h30, nos canais FOX e FOX Premium.

Fonte:adorocinema.

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixar seu comentário

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location

Mais Lidos